7 dicas para Aumentar a Segurança em Sites WordPress
Categorias:

Como Melhorar a Segurança em Sites WordPress

O WordPress é uma ferramenta que foi usada inicialmente pelos blogueiros, mas, com o passar dos anos, tornou-se um construtor de sites muito popular e é usada por muitos proprietários e empresas de sites.

Ele provou ser uma excelente plataforma de gerenciamento de conteúdo.

Sua popularidade é atribuída à facilidade com que pode ser usado para criar diferentes tipos de sites adequados a uma variedade de empresas.

O aumento da popularidade levou a uma área de superfície maior para hackers e invasores tentarem violar Sites do WordPress e seus dados.

Isso torna essencial garantir que seus sites estejam equipados com alta segurança para proteger seus dados e os de seus clientes.

Uma melhor segurança acabará por levar a um melhor desempenho e uma melhor participação geral. Então, aqui está uma discussão de algumas dicas bastante pequenas, mas significativas, que podem ser usadas para obter maior Segurança no seu site WordPress e, como resultado, melhorar o desempenho.

1- Nunca torne óbvio o nome de usuário do administrador

Verifique se o nome de usuário do administrador não é “admin”, raiz, proprietário ou administrador ou qualquer outra palavra que sugira que essas possam ser as credenciais dos administradores.

Esta é uma dica muito básica que é negligenciada na maioria das vezes, não apenas para WordPress, mas em todos os sites em geral.

Tornar evidente que uma combinação de nome de usuário e senha pertence ao administrador facilita o trabalho do hacker, pois eles sabem exatamente quais credenciais devem ser quebradas para obter acesso de administrador a todo o sistema, o que pode causar estragos.

2- Não ative as dicas de login

Por padrão, o login do WordPress informa se você digitar uma senha ou nome de usuário incorretos com as instruções adequadas. Isso funciona como uma ajuda para hackers quando eles estão tentando ataques como uma força bruta para invadir sua conta. Há um arquivo function.php no qual você pode desativar esses prompts e melhorar a segurança.

3- Cuidado com os plugins

Os plugins são parte integrante dos sites WordPress. Com o próprio WordPress contendo milhares em seu repositório, existem outros sites on-line de onde os plug-ins podem ser baixados. Antes de baixar um plugin para o seu site, é essencial verificar sua autenticidade.

Procure revisões, considere com que frequência o autor do plug-in responde às consultas. Instale um plug-in de segurança confiável para manter a segurança do site, procurar malware e monitorá-lo.

4- Defina as permissões de arquivo apropriadas

Permissões são fatores-chave para decidir quem tem acesso ao que no seu site. Esses direitos de acesso variam de ‘acesso de leitura’ a ‘acesso de gravação’ e até a execução do acesso.

Definir essas especificações de acesso corretamente para diferentes arquivos e pastas é fundamental para manter a segurança do site. Essas permissões são especificadas usando um valor numerado 3. Idealmente, as permissões de arquivo para pastas devem ser 755 e os arquivos devem ser 644. A permissão 777 nunca deve ser usada, pois fornece acesso total ao seu arquivo / pasta a todos.

5- Desative seu site de aparecer na navegação de diretório

Por padrão, se o servidor da web do seu site não conseguir encontrar um arquivo chamado index.php ou index.html, uma página exibindo o conteúdo do diretório é mostrada, o que revela informações críticas relacionadas aos plug-ins utilizados pelo site, como um problema de segurança.

Para verificar se a navegação no diretório do seu site está ativada, crie uma nova pasta e um arquivo de texto dentro dessa pasta. Agora abra seu diretório em um navegador da web. Caso seja exibido um link para o seu texto, a navegação no diretório é ativada. Para evitar que isso aconteça, vá para o arquivo .htaccess e adicione “Options All -Indexes” a ele e verifique se as pastas wp-content / themes e wp-content / plugins contêm um arquivo index.php em branco.

6- certificado SSL é o caminho a percorrer

A importância dos certificados SSL não é nova. É um dos melhores métodos para proteger seu site e, com as opções baratas de curinga SSL disponíveis no mercado, tornou-se mais acessível. O SSL garante que os dados estejam protegidos contra hackers enquanto estiverem em movimento. Os dados são criptografados antes de qualquer transferência de dados entre o servidor e o navegador e evitam violações de dados. As credenciais dos usuários podem ser extremamente críticas, como senhas, dados transacionais e garantir a máxima prioridade. Portanto, o certificado SSL é um dos métodos que devem ser usados ​​para melhorar a segurança

7- Restringir tentativas de login

Por padrão, o WordPress permite um número ilimitado de tentativas de login para o usuário. Isso aumenta as chances de hackers tentarem várias credenciais e pode ajudá-los a realizar um ataque de força bruta em sua conta. Portanto, é importante restringir o número de tentativas de login a um número pequeno, como 3-4, para que hackers em potencial sejam bloqueados na conta após essas tentativas e também, caso você não tenha causado um bloqueio, você saberá que alguém estava tentando acessar sua conta.

Em conclusão:

O Hackers aumentou exponencialmente ao longo dos anos, com a maioria dos dados sendo armazenados em datacenters online, o que torna essencial tentar estar um passo à frente dos Hackers.

Portanto, continue com algumas das maneiras acima para aumentar a segurança do seu site WordPress.

Texto com Informações: WPArena

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.